quinta-feira, 1 de novembro de 2018

infortúnios

O mundo (não) é mudo, infelizmente.