terça-feira, 9 de janeiro de 2018

da luz

O DESPERTAR DOS AMANTES
Quem teria deixado, enquanto nos amávamos, o tarro da luz à nossa porta?

em Poesias, de Mário Quintana